Como preparar minha empresa para o bloco K?

bloco kTodas as empresas do ramo industrial, manufatura e atacadista precisam correr contra o tempo para implementar uma nova obrigação fiscal em sua rotina um novo livro fiscal em sua rotina. A partir de janeiro de 2016 muitas empresas já deverão estar em conformidade com o Bloco K. Verifique a obrigatoriedade de sua empresa de acordo com a última publicação do governo. Veja o ajuste Sinief 08/2015 – RCPE que estabelece novos prazos para entrega do Bloco K.

Mas o que é o Bloco K?

O Bloco K diz respeito ao livro de registro de controle de estoque e produção na versão digital. Neste bloco, as empresas precisarão prestar contas em relação aos insumos e produtos que tem em estoque, assim como fornecer todas as informações que tenham relação com a produção de seus produtos.

Este bloco trata da produção, que ainda é um ponto em que as empresas (de má índole) conseguem burlar o Fisco. A ideia é que a Receita Federal consiga extinguir a sonegação. No entanto, as indústrias que são idôneas e não possuem este tipo de controle minucioso de produção e estoques, serão impactadas, pois, caso não estejam em conformidade, estão passíveis de multas e outras sanções.

Mas como assim “controle minucioso”?

Vamos tomar como exemplo uma fábrica de canetas. Para produzir uma caneta é preciso: tubos, tinta, etiqueta, plástico e outros materiais. Para, finalmente, ter a caneta, é necessário passar por alguns processos e contar com os componentes citados. O Bloco K exige que sua empresa forneça todos os dados sobre estes materiais para auditoria, ou seja, quanto de tinta tinha no total, quanto foi utilizada, quanto foi eventualmente desperdiçada durante o processo. A ideia é identificar se há produtos que estão sendo comprados a mais e justificados a menos.

Entendi, mas como preparar minha empresa para o bloco K?

O grande desafio é se estruturar. É preciso ter o respaldo de recursos tecnológicos e pessoas capacitadas envolvidas no processo. Algumas empresas já tem controle de estoque, inventário mensal, fechamento de estoque, mas muitas empresas ainda não tem nada, nem o básico, como por exemplo a gestão de estoque.

Para ficar mais claro, preparamos um checklist para você:

  • Ter ciência de que tudo precisa estar pronto até janeiro de 2016, de acordo com a obrigatoriedade da empresa
  • Ter profissionais especialistas em Bloco K / estudar os requisitos;
  • Mapear os detalhes dos processos de insumos e estoques;
  • Capacitar sua equipe interna para operar os registros de informações;
  • Contratar uma tecnologia que atenda todas as exigências;
  • Fazer testes e mais testes para confirmar se as informações estão batendo.

Está procurando uma empresa especialista?

A QSdoBrasil é especialista numa das maiores tecnologias ERP’s do mercado, o Protheus. Neste sentido, sua empresa pode se encaixar em dois perfis:

Empresa sem tecnologia:
A QSdoBrasil planeja, desenvolve, parametriza e implanta o projeto completo.

Empresa que já tem o Protheus:
A QSdoBrasil faz toda a parametrização do sistema. Mesmo que sua empresa já tenha módulos de compra e estoque, o sistema ainda não está apto e em conformidade com o Bloco K, é preciso fazer uma série de adaptações e parametrizações.

O trabalho consiste em atualizar o sistema que contempla a emissão do Bloco K, retirar os arquivos e passar nos validadores para identificar o que está divergente, se existem formatos válidos, formatos inválidos e uma série de outras parametrizações.

Nós da QSdoBrasil somos uma consultoria especializada em Protheus, o que significa que estamos plenamente capacitados a atuar em todas as frentes de um projeto, seja ele de implantação, integração parametrização ou desenvolvimento.

Quer saber mais sobre como adequar sua empresa ao Bloco K?

Entre em contato com nossa equipe de especialistas, eles poderão esclarecer todas as suas dúvidas e auxiliar sua empresa na preparação.

Entre em contato
Voltar ao blog